sentinelas

Sentinelas apostólico-proféticos

Esse é um trecho de uma das cartas de Jane. Para conferir a carta na íntegra, visite Mantendo a Aglow Ágil.

Um poderoso decreto foi feito por Chuck Pierce na Conferência Nacional dos EUA de 2018 em Spokane, Washington. Seu decreto veio após o relatório ser entregue no palco da viagem da Aglow ao Vietnã no início daquele ano. O que ele estava ouvindo em seu espírito era: “É um movimento de Deus que moveu mulheres guerreiras de oração para sentinelas apostólico-proféticos”. Ele prosseguiu dizendo: “Esta é uma grande mudança e é uma expressão de identidade que não vimos no passado”.

Quando 2019 começou, tive a forte sensação de que haveria uma grande batalha entre a luz e as trevas, entre as forças do mal e de Deus, uma batalha que o mal perderá. Nós percebemos a evidência desta batalha crescendo enquanto toda a criação geme pelo retorno de Jesus.

Pão da Vida

Temos fome de Ti, Senhor

Este é um trecho de uma das postagens da Jane no Facebook. Siga o perfil da Jane no Facebook

Eu creio que Deus chamou a Aglow para ser um desses ministérios que não apenas permitirá, mas fará o Espírito Santo fluir em nossas vidas como indivíduos, e como um ministério, para mostrar Sua Glória de uma forma ainda não vista na Terra. Tantas palavras nos foram reveladas em relação a exatamente isso.

Penso em Noemi no livro de Rute quando ela ouviu que o Senhor havia visitado o Seu povo dando-lhes pão e ela voltou ao lugar do pão. Há uma fome de pão hoje. Há uma inquietação e desejo por mais do que aquilo que conhecemos ou comemos em tempos passados. Estamos clamando por uma nova revelação da Palavra, o Pão da Vida.

 A fome é um sinal de saúde. O apetite é um sinal de um desejo crescente de mais e mais e mais. Livros, sermões e conferências que nos marcaram, nos alimentando de forma tão bela, não parecem mais nos atrair da mesma maneira. A ausência desse desejo ...e até mesmo a ausência daquilo que satisfaz ... é um sinal claro de que Deus não está escondendo nada de nós, mas está permitindo que uma fome aumente dentro de nós, de modo que entraremos em um lugar ainda mais profundo de relacionamento e comunhão com Ele.