Cartas de Jane

Na minha carta de janeiro, enviei um link da música Healing in His Glory, cantada por Lindell Cooley durante o avivamento de Brownsville. Tenho a escutado enquanto estou dirigindo, no meu momento de quietude, e enquanto estou no escritório. Espero que você a ache avivadora assim como eu. Há cura em Sua Glória.

Depois que Chuck Pierce falou em Richmond, VA, ele me perguntou se gostaria de passar um tempo junto dele. Aproveitando o seu comentário, o convidei para à sede onde passou uma segunda-feira de manhã com a gente. Sinto que você vai se interessar em ouvir as coisas que foram ditas.

Ver a Sua glória

Achei interessante Chuck ter começado o nosso tempo juntos dizendo "Ver a Sua glória é provavelmente o desejo do coração de cada um de nós". Ele disse que frequentemente tem compartilhado a diferença entre Saul e Davi. Davi desejava a Arca da Aliança. Davi desejava a Presença de Deus. Saul era um grande rei, mas ele não tinha vontade ou interesse em ver a Arca ser devolvida para Israel.

Muitas vezes me lembro da passagem em Lucas 1, onde Gabriel apareceu a Maria em Nazaré. "Alegre-se, agraciada, o Senhor está com você; bendita és tu entre as mulheres!" As Escrituras continuam ainda relatam que Maria estava preocupada com as palavras de Gabriel e se perguntava que tipo de saudação era aquela.

Posso dizer que, quando o Senhor começou a falar através dos nossos conferencistas, encontrei-me num lugar semelhante, perguntando-me como poderia ser esse favor? Este novo manto, novo comissionamento, e nova declaração de ser enviada ao mundo novamente como uma voz de liderança para o próximo Terceiro Grande Despertar? Eu simplesmente disse “sim”.

choosen pt webNa verdade, estamos vivendo em um tempo designado, e somos um povo designado, para preparar o mundo para a vinda do Messias. É um momento em que, como povo de Deus, devemos ver e ouvir o desenrolar de questões mundiais a partir da perspectiva do céu.

Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre.
Assim como estão os montes à roda de Jerusalém, assim o Senhor está em volta do seu povo desde agora e para sempre.
Salmo 125: 1-2 ESV

Eu não sou a mesma desde a nossa celebração do 50º ano em Richmond, Virgínia. Sinto uma nova chama e uma expectativa no meu espírito, que surge quando somos cobertos pelo Espírito Santo.

Sempre pensei sobre o que Maria teve que "considerar" para seguir as palavras do anjo, de que ela conceberia e daria luz a Jesus nos próximos dias, enquanto o Espírito Santo a cobria.

Dutch Sheets disse: "Há um peso incrível do Espírito Santo nesta reunião. É mais do que apenas um aniversário. É um novo manto, um recomissionamento. Este ano é uma porta para o avanço".

Recentemente eu me senti atraída por uma palavra na lista de Elijah de Doug Addison. Ao ler, senti que deveria compartilhar trechos desta palavra com você. Nós somos o Exército de Aglow que tem vindo a crescer em nosso papel de intercessão na terra há quase 50 anos. Quero incentivá-lo a manter-se firme em suas nações, no meio das crises dos fins dos tempos.

Posicionados ao longo das nações do mundo, reconhecemos as dores do parto que estão chegando com maior intensidade. Nós vemos os sinais que nos indicam o retorno do Senhor. Sabemos que a guerra está na atmosfera e sabemos que temos sido envolvidos com a autoridade do Pai para ficarmos unidos como Seu povo na terra.