Caminhe em direção à Luz

Visão e revelação da Jane Hansen Hoyt
5 minutes reading time (939 words)

Que Salvador

jane-blog-what-a-savior-pt

Acabamos de celebrar uma das maiores observâncias de nossa fé cristã. Para os crentes em Jesus Cristo, a Páscoa celebra os eventos específicos da crucificação de Cristo pelo pecado e Sua ressurreição dentre os mortos após três dias. Esse é um momento de fazer uma séria, porém maravilhosa, reflexão sobre as verdades que a Bíblia fala sobre o sacrifício de Cristo em nosso favor. Jesus morreu na cruz como o “substituto” dos pecadores, para que todos os que cressem n’Ele fossem salvos. A palavra "substituto" significa "tomar o lugar de outro".

Acabamos de celebrar uma das maiores observâncias de nossa fé cristã. Para os crentes em Jesus Cristo, a Páscoa celebra os eventos específicos da crucificação de Cristo pelo pecado e Sua ressurreição dentre os mortos após três dias. Esse é um momento de fazer uma séria, porém maravilhosa, reflexão sobre as verdades que a Bíblia fala sobre o sacrifício de Cristo em nosso favor. Jesus morreu na cruz como o “substituto” dos pecadores, para que todos os que cressem n’Ele fossem salvos. A palavra "substituto" significa "tomar o lugar de outro".

A cruz

“A cruz que pregamos deveria crucificar-nos primeiro. A mensagem que pregamos deveria queimar em nossa vida primeiro para que a nossa vida e a nossa mensagem possam estar mescladas. Desse modo a nossa vida tornar-se-á nossa mensagem viva. A cruz que pregamos não deve ser mera mensagem. Deveríamos diariamente experimentar de fato a cruz em nossa vida. ”Watchman Nee, O Mensageiro da Cruz.

Quando jovem, lembro-me de ter escutado meu pai pregando sobre a cruz. Quando ele falava sobre nossas vidas pessoais revelando a cruz diariamente, isso me assustava e encantava ao mesmo tempo.

Eu era uma jovem com todas as paixões que qualquer jovem tem. É claro que meus desejos eram focados em mim. Eles estavam ligados à terra e não ao mundo espiritual. E não estou falando sobre viver o tipo de vida pecaminosa que podemos pensar quando se trata do pecado. Mas eu ESTOU falando sobre a vida interior da nossa preocupação com nós mesmos. Ao permitir que essa mensagem entrasse em minha alma e espírito, percebi que a vida que eu poderia ter imaginado não seria necessariamente a vida que viveria.

Precisamos conhecer a vida da cruz e também sua morte. Nós morremos para a velha caminhada da raça adâmica; mas, tendo a vida da cruz, vivemos diariamente no espírito da cruz. Isso significa que em nossa caminhada diária exibimos o espírito do Cordeiro do Senhor Jesus. “Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça.” 1 Pedro 2:23

A morte não pode detê-lo

Quando Pedro estava com os onze, falando aos homens da Judéia e a todos que habitavam em Jerusalém, ele os incitou a se lembrarem das palavras proferidas pelo profeta Joel a respeito do derramamento do Espírito de Deus nos próximos dias. Ele afirmou que nós veríamos maravilhas no céu e sinais na terra.

Pedro prosseguiu afirmando que Deus o ressuscitou dos mortos, rompendo os laços da morte, porque era impossível que a morte o retivesse. Atos2:24

"Era impossível." Pense nisso. ERA IMPOSSÍVEL QUE A MORTE O RETIVESSE. Ah, a vitória da cruz e a vitória do Céu sobre a obra de Satanás.

A vitória não poderá lhe ser negada

Devido ao que Jesus conquistou para nós no Calvário, NÃO É POSSÍVEL QUE O INIMIGO LHE NEGUE. Ser prejudicado por confusão ou intimidação não é mais possível. O céu não sussurra aos seus ouvidos palavras sobre sua incapacidade ou falhas em qualquer área de sua vida. Satanás já está derrotado e ele não tem o direito de vencer. Lembre-o de sua derrota e alinhe todo o seu ser com o Céu, porque o Céu quer usá-lo como uma trombeta na terra a respeito das vitórias pelas quais Jesus morreu para nos dar.

Porque daquele que és em Cristo Jesus, que se tornou para nós a sabedoria de Deus, e a justiça, e santificação e redenção que, como está escrito: "Aquele que se gloria, que se glorie no Senhor". I Cor. 1:30-31

Cristo, Nossa vida

Deus nos deu Cristo para ser a nossa vida!

É uma lei que funciona dentro de nós. É uma lei espontânea, se quisermos, mas deixar que a lei esteja em vigor e não lutar com as "obras". Ele já fez tudo isso. Ele pagou por tudo. Ao falar: “Está consumado”, Ele quis dizer que Ele havia feito a vontade do Pai pagando o preço para que houvesse um caminho para o homem retornar a Deus... Somente pelos méritos do sacrifício de Cristo e não por causa de nossa própria justiça.

Que salvação gloriosa! Que Redentor poderoso! Que vida maravilhosa a qual entramos, quando reconhecemos e aceitamos tudo o que a cruz e Sua ressurreição fez para nós.

Que a cruz se torne nossa vida. Que nos tornemos uma cruz viva. Que possamos engrandecer a cruz em todas as coisas.

Eu termino essa carta com um glorioso hino da igreja:

“Homem de Dores!” que nome
Para o Filho de Deus, que veio
Pecadores arruinados reclamar.
Aleluia! Que Salvador!
Suportando a vergonha e o rude escarnecer
No meu lugar condenado ficou
Selou o meu perdão com seu sangue
Aleluia! Que Salvador!
Culpado, vil e sem esperança era eu;
Cordeiro de Deus sem mácula era Ele;
Salvação completa! Poderá ser?
Aleluia! Que Salvador!
Levantado para morrer Ele foi;
“Está consumado” o seu clamor;
Agora no Céu está exaltado.
Aleluia! Que Salvador!
Quando Ele vier, o nosso Rei glorioso
Todos os seus remidos para Casa levar
Esta nova canção cantaremos:
Aleluia! Que Salvador!

Jane Hansen Hoyt
jane-signature
Jane Hansen Hoyt
Presidente/CEO
Aglow International
facebook icon smallfacebook.com/jane.hansen.hoyt

 

Que Ele cresça
Vinde a Mim!
 

Comments (0)

There are no comments posted here yet

Leave your comments

  1. Posting comment as a guest.
0 Characters
Attachments (0 / 3)
Share Your Location