FEV.
12

Ministério das Sombras

Pode ser que você passe por momentos em que o inimigo tente impedir o avanço do seu ministério, sussurrando "você não é capaz". Você pode sentir que o que está fazendo... ou o que não está fazendo... não está produzindo o fruto que gostaria de "ver". 

 Ouça este exemplo maravilhoso, uma história contada por Jamie Buckingham na Conferência Internacional de Nova Orleans em 1991.

Ele começou compartilhando sobre a passagem de Atos onde Pedro anda focado em Jesus e como isso levou as pessoas para as ruas na esperança de que a sombra de Pedro passasse sobre elas e às curassem (Atos 5:15). Jamie então nos incentivou a andar com os olhos em Jesus e, assim, nossa sombra também teria influência. 

Jamie nos contou que estava em Israel fazendo pesquisas para um livro. Ele havia planejado ir até o cume do Monte Sinai ao amanhecer para ter um tempo de oração. Ele passou a noite no sopé do monte.

Continue reading
JAN.
09

Vem, Jesus

come-jesus-PT

Na noite passada, Tony e eu, juntamente com alguns membros da nossa  família, tivemos o privilégio de ter uma experiência ao ouvir os cânticos sagrados do Natal, entoados pelos corais e músicos da Seattle Pacific University.

Continue reading
NOV.
19

Amor humano… elevado ao Divino

Mary-Magdalene

Uma das histórias mais tocantes do Novo Testamento é o encontro que mudou a vida de uma mulher, que foi mantida sob uma escravidão demoníaca por anos. Ao encontrar Jesus, o Redentor de todas as coisas, ela foi liberta de uma doença mental da qual sofria há anos... Foram anos de pensamento confuso... Anos de depressão.

Maria Madalena

Não sabemos qual era a paternidade de Maria, estado civil ou sua idade. Ela era uma mulher que desfrutava de uma vida de alto padrão. Morava em uma cidade próspera e populosa na costa da Galiléia, a cerca de cinco quilômetros de Cafarnaum. Fábricas têxteis e de tingimento primitivo levaram muita riqueza à comunidade. Pode ser que “Madalena” estivesse ligada à indústria da cidade, pois ela não demonstrava ter uma vida sem condições. Parecia não ter obrigações domésticas, o que nos sugere que ela era livre para seguir Jesus em Suas jornadas.

Continue reading